research portovirtual research environment

 

António Batarda é arqueólogo e trabalha no Museu e Parque Arqueológico do Vale do Côa, onde coordenou o Programa de Conservação da Arte Rupestre do Vale do Côa, co-coordena os Serviços Educativos e faz a gestão da presença nas redes sociais. Fez Mestrado em Gestão de Sítios Arqueológicos pelo Instituto de Arqueologia da University College London, e o Doutoramento em Arqueologia pela Escola de Ciências Aplicadas da Universidade de Bournemouth. As suas publicações mais relevantes sobre estes temas podem ser vistas (e nalguns casos descarregadas) na sua página.

António Lopes de Almeida é Doutorado em Turismo (UA), Mestre em Marketing (UPT) e Licenciado em Matemáticas Aplicadas (UPT). É Professor Auxiliar (DEGI/UPT) nas áreas de Turismo, Marketing, Comunicação Empresarial, Gestão Estratégica, Estatística aplicada, e Economia do Turismo (desde 1992) e Coordenador da Licenciatura em Gestão da Hospitalidade do DEGI/UPT. É investigador do REMIT (Research on Economics, Management and Information Technologies) e membro convidado da Unidade de Investigação GOVCOPP (UA) na área de turismo. A sua investigação tem versado sobre os seguintes temas: Determinantes socioeconómicos no Turismo e lazer, Sazonalidade no turismo e Marketing turístico.

Carla Lobo é Professora Auxiliar na Universidade Portucalense (UPT) e investigadora do REMIT – Research on Economics, Management and Information Technologies. É igualmente investigadora do IJP (Instituto Jurídico Portucalense) e do GOVCOPP (Universidade de Aveiro). Fez o Mestrado em Economia Industrial e da Empresa na Universidade do Minho e o Doutoramento em Gestão, na Universidade Portucalense. A sua investigação tem versado sobre o Tema da Internacionalização Empresarial e em concreto sobre temáticas como os fatores indutores da internacionalização, a importância das Redes Relacionais (Network) para as PMEs no seu processo de internacionalização, bem como a influência das competências dos colaboradores no processo de internacionalização precoce das empresas mais jovens.

Claudia Carvalho  é Professora Auxiliar Convidada da Universidade Portucalense, desde 1998, tendo iniciado funções como docente dessa Universidade em 1993, e investigadora do REMIT – Research on Economics, Management and Information Technologies. É mestre em Economia e Doutora em Ciências Empresariais com investigação realizada na área do Marketing e Qualidade dos Serviços Públicos, pela Faculdade de Economia do Porto. Teve diversas colaborações no âmbito de cursos de 1º e 2º ciclos em IES públicas, nomeadamente na Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, na Faculdade de Economia do Porto e na Universidade de Aveiro, onde orientou diversas investigações de mestrado. A sua atividade pedagógica e de investigação centra-se essencialmente nas áreas do Marketing e Gestão da Qualidade, com foco especial no setor dos serviços. Na Universidade Portucalense tem também exercido funções não académicas, nomeadamente de Direção de Marketing e Comunicação, coordenação de cursos de 2º ciclo e de ensino pós-graduado e em diversos órgãos académicos.

Cristina Sousa é Professora Auxiliar na Universidade Portucalense (UPT) e diretora e investigadora do REMIT – Research on Economics, Management and Information Technologies. É igualmente investigadora do Dinâmia’CET-IUL (Instituto Universitário de Lisboa -ISCTE-IUL). Fez o Mestrado em Economia e Gestão de Ciência e Tecnologia e o Doutoramento em Economia, ambos no ISEG/UTL (Lisboa, Portugal). A sua investigação tem versado sobre os seguintes temas: processos de inovação e seus efeitos socioeconómicos, criação e circulação de conhecimento, nomeadamente a dinâmica das redes de conhecimento e de inovação, empreendedorismo e transição para sistemas sustentáveis. Colaborou em diversos projetos de investigação, nomeadamente nas áreas do empreendedorismo em sectores intensivos em conhecimento, inovação e empreendedorismo social, transferência internacional de conhecimento e transições no sistema energético.

Fátima Matos Silva obteve o grau de Doutora (Doutoramento Europeu) pela Universidade de Granada, em 2008, tendo sido bolseira do Programa de Doutoramento PRAXIS XXI da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). Desenvolve, desde 1988, a sua atividade profissional na Universidade Portucalense (UPT) como investigadora, docente e coordenadora de ciclos de estudos, integrando diversos órgãos consultivos da instituição. Dirigiu e colaborou em projetos de investigação diversificados, nacionais e internacionais, sendo atualmente membro integrado do CITCEM - unidade de I&D da FCT. Desde 1989 dirigiu diversos projetos de investigação, escavações arqueológicas, estudos de impacte ambiental e patrimonial, edições bibliográficas, eventos, exposições, programas museológicos, entre outras acções culturais. É autora de seis livros e, a título individual e em parceria, de mais de sessenta artigos sobre temáticas de índole patrimonial, com especial destaque para o património arqueológico e a sua valorização.

Fernando Tavares é Mestre em Finanças, pela Universidade Portucalense. Doutorado em Gestão Industrial pela Universidade de Aveiro. É Professor Auxiliar na Universidade Portucalense e investigador do REMIT – Research on Economics, Management and Information Technologies.

Filomena Castro Lopes  é doutorada em Tecnologias de Sistemas de Informação pelo Departamento de Sistemas de Informação da Escola de Engenharia da Universidade do Minho e Mestre em Analise de Sistemas pela University of Manchester Institute of Science and Technology - UMIST. Docente em vários cursos de 1º, 2º e 3º ciclo na área dos Sistemas de Informação em temáticas ligadas à Estratégia dos SI, Modelação de SI e Gestão da Informação e do Conhecimento. Tem colaborado em vários projetos de investigação na área dos SI e supervisiona tese de mestrado e de doutoramento. Autora de diversas publicações, apresentadas em conferências nacionais e estrangeiras ou em revistas, e livros.

Frederico D'Orey

Isabel Borges é Doutorada em Turismo e Desenvolvimento pela Universidade de Coimbra. Com formação em Marketing Internacional e Promoção Turística no ISCET – Instituto Superior de Ciências Empresariais do Turismo, tem o Bacharelato em Gestão de Operadores Turísticos da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril. Trabalhou 15 anos na área do Enoturismo, desenvolvendo projetos relacionados com a hotelaria e turismo em várias regiões vitivinícolas. Os seus principais interesses de investigação centram-se no Turismo e Desenvolvimento, Enoturismo e Marketing Territorial. É Membro Convidado da Unidade de Investigação em Paisagens Culturais, Turismo e Desenvolvimento do CEGOT – Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território e Membro Associado do CEPESE – Centro de Estudos da População, Economia e Sociedade, na linha de investigação de Património, Cultura e Turismo. Atualmente é docente da Universidade Portucalense, integrando o Departamento de Turismo, Património e Cultura.

Isabel Maldonado  é doutora em Economia Financeira e Contabilidade pela Universidade de Vigo, Espanha, mestre em Finanças pela Universidade Portucalense, no Porto e licenciada em Gestão pela Universidade Portucalense. Atualmente é professora associada na Universidade Portucalense e Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto (ISCAP), lecionando nas áreas de Contabilidade Geral e Contabilidade Financeira, Contabilidade de Custos e Contabilidade de Gestão, Economia Monetária e Financeira e Produtos e Mercados de Taxas de Juro. Atualmente, é coordenadora do 1º ciclo em Economia na Universidade Portucalense. É investigadora no REMIT – Research on Economics, Management and Information Technologies da Universidade Portucalense e no GOVCOPP – Unidade de Investigação em Governança, Competitividade e Políticas Públicas (GOVCOPP) da Universidade de Aveiro.

Jorge Marques é Professor Auxiliar na Universidade Portucalense (UPT) e investigador do REMIT – Research on Economics, Management and Information Technologies. É igualmente investigador no CEGOT – Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território. Fez a Licenciatura em Gestão Hoteleira, no Instituto Superior de Espinho, e o Doutoramento em Turismo, Lazer e Cultura, na Universidade de Coimbra. A sua investigação tem versado sobre os temas relacionados com a gestão hoteleira, gestão e planeamento turístico do território com especial enfoque no segmento Turismo de Negócios e nas Organizações de Gestão dos Destinos (Convention & Visitors Bureaux).

Júlio Faceira

Luís Pacheco Licenciado em Economia, Mestre em Economia Monetária e Financeira e Doutor em Economia pela Universidade Técnica de Lisboa. Docente universitário desde 1994, com a responsabilidade de lecionação de unidades curriculares de licenciatura e de mestrado na área financeira e económica. Para além da atividade letiva na Universidade Portucalense, é responsável por duas unidades curriculares dos mestrados em Economia e Gestão da Universidade de Aveiro e já lecionou unidades curriculares da área das finanças em cursos conferentes de grau ou em pós-graduações no Instituto Politécnico do Porto, no ISVOUGA, na UTAD e na CESPU. Desenvolve atividades de investigação na área financeira – estrutura de capital, mercados e produtos financeiros, etc. – e da economia do turismo – fatores de satisfação, hospitalidade, etc.), tendo trabalhos publicados em diversas revistas científicas nacionais e internacionais.

Miguel Fonseca

Miguel Magalhães  é professor auxiliar na universidade portucalense (upt) e investigador do remit - research on economics, management and information technologies. doutorou-se e obteve o grau de mestre, ambos em gestão e direção de empresas e marketing na universidade de vigo. iniciou a sua atividade profissional em 1980 e ao longo da sua carreira desenvolveu atividades enquanto gestor e quadro superior de diversas empresas industriais e de serviços. desde 1984, os temas de investigação tem versado sobre: a problemática da delimitação da organização em sbu’s; as sbu’s e o intraempreendedorismo empresarial; a competitividade das empresas multinacionais e dos parceiros de negócio resultante da opção estratégica de insourcing empresarial; o impacto da função de customer service na competitividade das organizações em termos empreendedorismo empresarial; developing transferrable skills through entrepreneurship projects: student’s experiences and challenges; transitions from higher education to labour market: observatory of internships in business organizations; perfil infraestrutural de espaços industriais; revitalização de centros históricos. no âmbito do empreendedorismo, ficou em primeiro lugar no concurso de ideias para a qualidade dos serviços públicos, “20 ideias para melhorar a qualidade dos serviços prestados”, prémio este atribuído no dia nacional da desburocratização, 29 de outubro de 1992. elaborou o guia prático do euro para AEP.

Patrícia Pais Leite  é Responsável do Departamento Jurídico da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes. É também consultora de Propriedade Industrial e formadora em Cultura Vínica. Fez a licenciatura em Direito na Universidade Católica Portuguesa (Porto, Portugal) e o Mestrado em Direito na Universidade do Minho (Braga, Portugal). Fez também o MBA em Gestão na Universidade Católica Portuguesa (Porto, Portugal). Os seus interesses de investigação são os relativos à Propriedade Industrial do Sector Vitivinícola (Denominações de Origem, Indicações Geográfica e Marcas), à Cultura Vínica e ao Enoturismo.

Pedro Ferreira é professor auxiliar na Universidade Portucalense e professor convidado no ISCAP-IPP. Foi professor em várias universidades e institutos públicos e privados portugueses, e professor convidado da Estonian Business School (Tallinn, Estónia) e LaSalle - Universitat Ramon Llull (Barcelona, Espanha). Em 2011, recebeu o seu diploma de doutorado pela Universidade de Santiago de Compostela com tese intitulada “High-Involvement Work Practices: a comparative study of European countries”. Foi distinguido com o 2013 Emerald/EFMD Outstanding Doctoral Research Award (Highly Commended) na categoria de Gestão de Recursos Humanos. Os seus interesses de pesquisa estão relacionados com o marketing – nomeadamente a relação consumidor-marca – e gestão de recursos humanos – nomeadamente a gestão intercultural de RH, envolvimento dos trabalhadores e abordagens geracionais ao trabalho. A interseção do marketing e gestão de recursos humanos, nomeadamente a marca do empregador e a experiência dos trabalhadores, é o seu mais recente interesse e foco de pesquisa.

Ruth Atlas é Diretora do Departamento de Gestão da Estonian Business School (EBS). Foi vice-reitora para a investigação na EBS. Obteve o doutoramento no Departamento de Economia da Universidade de Tartu (Esténia) em 2004. Ruth Alas publicou mais de 25 livros sobre gestão, dezenas de capítulos para diferentes livros e mais de 200 artigos em revistas internacionais. Representa a Estónia em várias organizações envolvidas na pesquisa científica internacional e realiza pesquisas organizacionais em empresas da Estónia. A Professora Alas organiza uma série de conferências relacionadas com a gestão da mudança e desenvolvimento organizacional no Instituto Europeu de Estudos Avançados em Gestão (EIASM). Os eventos ocorrem anualmente em diferentes países. A Professora Alas faz parte de conselhos editoriais de mais de 10 revistas. Realiza regularmente apresentações e palestras na Europa, Ásia, África, Austrália e América.

Shital Jayantilal  é Professora Auxiliar na Universidade Portucalense (UPT).  Fez o Doutoramento em Gestão e Comércio Internacional na Universidade da Extremadura (Espanha).  A sua tese de doutoramento, tal como o seu interesse de investigação, centra-se nas empresas familiares, e nos desafios singulares que estas enfrentam. Ela faz parte da Cátedra da la Empresa Familiar (Universidade de Extremadura) e é investigadora do REMIT (Research on Economics, Management and Information Technologies) e do IJP (Instituto Jurídico Portucalense. A sua investigação tem versado sobre os seguintes temas:  a sucessão empresarial; o governance nas empresas familiares; o desenho e implementação estratégico; impacto da cultura na gestão; eficiência das politicas de lavagem de dinheiro e economia experimental. 

Susana Ribeiro  é Professora Assistente na Universidade Portucalense (UPT) e investigadora do REMIT – Research on Economics, Management and Information Technologies. É igualmente investigadora do CEGOT – Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território pela Universidade de Coimbra (UC). Fez o Mestrado em Turismo e Desenvolvimento Regional na Universidade Católica Portuguesa (UCP) e encontra-se em processo de defesa de Doutoramento em Turismo, ramo Desenvolvimento na Universidade de Coimbra. A sua investigação tem versado sobre os seguintes temas: turismo cultural, turismo urbano e turismo de eventos, governança e gestão de destinos turísticos. Da sua experiência profissional no turismo, destaca-se, nos últimos anos: direção do departamento de turismo do Porto e a presidência de uma associação de empresários de turismo no Porto e Norte de Portugal.

 

Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
unescobest