research portovirtual research environment

 

 

Abílio Cardoso  é Professor Auxiliar na Universidade Portucalense (UPT) e investigador do REMIT – Research on Economics, Management and Information Technologies e IJP - Portucalense Institute for Legal Research. Fez o Mestrado em Informática no University of Manchester Institute of Science and Technology (UMIST) (Manchester, Inglaterra) e o Doutoramento em Informática na Universidade Portucalense (Porto, Portugal). A sua investigação tem versado sobre os seguintes temas: Cloud Computing, ITIL, redes de dados e segurança em sistemas informáticos.

Ana Fragata
 
 

António Batarda é arqueólogo e trabalha no Museu e Parque Arqueológico do Vale do Côa, onde coordenou o Programa de Conservação da Arte Rupestre do Vale do Côa, co-coordena os Serviços Educativos e faz a gestão da presença nas redes sociais. Fez Mestrado em Gestão de Sítios Arqueológicos pelo Instituto de Arqueologia da University College London, e o Doutoramento em Arqueologia pela Escola de Ciências Aplicadas da Universidade de Bournemouth. As suas publicações mais relevantes sobre estes temas podem ser vistas (e nalguns casos descarregadas) na sua página.

Cristina Sousa é Professora Auxiliar na Universidade Portucalense (UPT) e diretora e investigadora do REMIT – Research on Economics, Management and Information Technologies. É igualmente investigadora do Dinâmia’CET-IUL (Instituto Universitário de Lisboa -ISCTE-IUL). Fez o Mestrado em Economia e Gestão de Ciência e Tecnologia e o Doutoramento em Economia, ambos no ISEG/UTL (Lisboa, Portugal). A sua investigação tem versado sobre os seguintes temas: processos de inovação e seus efeitos socioeconómicos, criação e circulação de conhecimento, nomeadamente a dinâmica das redes de conhecimento e de inovação, empreendedorismo e transição para sistemas sustentáveis. Colaborou em diversos projetos de investigação, nomeadamente nas áreas do empreendedorismo em sectores intensivos em conhecimento, inovação e empreendedorismo social, transferência internacional de conhecimento e transições no sistema energético.

Fátima Matos da Silva obteve o grau de Doutora (Doutoramento Europeu) pela Universidade de Granada, em 2008, tendo sido bolseira do Programa de Doutoramento PRAXIS XXI da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). Desenvolve, desde 1988, a sua atividade profissional na Universidade Portucalense (UPT) como investigadora, docente e coordenadora de ciclos de estudos, integrando diversos órgãos consultivos da instituição. Dirigiu e colaborou em projetos de investigação diversificados, nacionais e internacionais, sendo atualmente membro integrado do CITCEM - unidade de I&D da FCT. Desde 1989 dirigiu diversos projetos de investigação, escavações arqueológicas, estudos de impacte ambiental e patrimonial, edições bibliográficas, eventos, exposições, programas museológicos, entre outras acções culturais. É autora de seis livros e, a título individual e em parceria, de mais de sessenta artigos sobre temáticas de índole patrimonial, com especial destaque para o património arqueológico e a sua valorização

Fernando Moreira é licenciado em Informática-Matemáticas Aplicadas (1992), Mestre em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (1997) e Doutor em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (2003), ambos da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP). É professor associado no Departamento de Economia, Gestão e Informática (DEGI) na Universidade Portucalense desde 1992, e professor visitante na Porto Business School. Leciona em cursos de graduação e pós-graduação. Tem orientandos de doutoramento e de mestrado. É autor e co-autor de mais 100 publicações científicas com revisão por pares em revista e conferências nacionais e internacionais. Foi editor de vários números especiais de revistas JCR. É membro de vários Editorial Advisory Board de várias revistas, livros e membro de conselhos científicos e de programa de conferências nacionais e internacionais. Foi o coordenador do Mestrado em Informática nos últimos 10 anos. É associado do ACM e IEEE. As suas principais áreas de investigação são as TIC no ensino superior, mobile Learning, social business e transformação digital.

Filomena Castro Lopes  é doutorada em Tecnologias de Sistemas de Informação pelo Departamento de Sistemas de Informação da Escola de Engenharia da Universidade do Minho e Mestre em Analise de Sistemas pela University of Manchester Institute of Science and Technology - UMIST. Docente em vários cursos de 1º, 2º e 3º ciclo na área dos Sistemas de Informação em temáticas ligadas à Estratégia dos SI, Modelação de SI e Gestão da Informação e do Conhecimento. Tem colaborado em vários projetos de investigação na área dos SI e supervisiona tese de mestrado e de doutoramento. Autora de diversas publicações, apresentadas em conferências nacionais e estrangeiras ou em revistas, e livros.

Helena Albuquerque é Doutorada em Ciências e Engenharia do Ambiente e Mestre em Ciências das Zonas Costeiras, pela Universidade de Aveiro e Licenciada em Geografia, pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Possui um Curso de Formação Avançada de Longa Duração em Turismo. Os seus principais interesses de investigação centram-se no Turismo Sustentável, com ênfase nas áreas costeiras; os Sistemas de Informação Geográfica aplicadas ao Turismo, o Turismo de Saúde e Bem-estar e o Ambiente e Turismo. Atualmente é docente da Universidade Portucalense, integrando o Departamento de Turismo, Património e Cultura. É Membro Integrado da Unidade de Investigação em Governança, Competitividade e Políticas Públicas (GOVCOPP) e do Research on Economics, Management and Information Technologies REMIT. Colabora ainda com a empresa Síntese, consultoria em Planeamento, na elaboração de estudos relacionados com o turismo no âmbito de Planos Municipais de Ordenamento do Território (PMOT) e de Avaliações Ambientais Estratégicas (AAE).

Jorge Mota  é professor adjunto no ISTEC PORTO e investigador no I&DT Lab do CESAE, onde é igualmente coordenador da unidade de serviços a empresas. Licenciou-se na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto em Engenharia Civil em 1988, e encontra-se a fazer o Doutoramento em Engenharia Informática na FEUP. Possui estudos pós-graduados em Informática na UPT (1996). Ao longo da sua carreira desenvolveu atividades enquanto engenheiro e consultor especialista em desenvolvimento de software, economia digital, marketing digital, e-learning, computação gráfica e multimédia. Durante mais de vinte anos trabalhou em empresas industriais e de serviços em Portugal e Angola tendo-se especializado em projetos de transformação digital em PME. Geriu no âmbito das suas funções no CESAE/AEP projetos de consultoria e formação ação em mais de 500 PME. É membro efetivo da Ordem dos Engenheiros, membro do Conselho Consultivo da ANQEP (Autoridade Nacional para a Qualificação). É também Auditor em ISO27001 pela APCER.

Júlio Faceira

Luís Guimarães é Professor Auxiliar na Universidade Portucalense (UPT) e investigador do REMIT – Research on Economics, Management and Information Technologies. Fez a Licenciatura e o Doutoramento em Economia na Faculdade de Economia do Porto (FEP, Porto, Portugal). A sua investigação foca-se essencialmente no estudo no estudo do mercado de trabalho de um ponto de vista macroeconómico. Particularmente foca-se nos impactos macroeconómicos de políticas e fricções do mercado do trabalho. Luís Guimarães também apresenta contribuições nas áreas de crescimento económico e de economia internacional.

Mafalda Mendes Ribeiro

Mónica Azevedo é Professora Auxiliar na Universidade Portucalense (UPT) e investigadora do REMIT – Research on Economics, Management and Information Technologies. Fez o Doutoramento em Economia na FEP/UP (Porto, Portugal). A sua investigação tem versado sobre os seguintes temas: modelos de crescimento económico endógeno, direitos de propriedade intelectual e inovação.

Micaela Pinho  é doutorada em Economia pela Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho. É Professora Auxiliar na Universidade Portucalense e na Universidade de Aveiro. Integra três centros de investigação: Research on Economics, Management and Information Technologies (REMIT), Instituto Jurídico Portucalense (IJP) e a Unidade de investigação em Governança, Competitividade e Políticas Públicas (GOVCOPP). Investiga na área da Economia da Saúde, explorando em concreto a problemática do racionamento dos cuidados de saúde. Tem publicados livros e diversos artigos em revistas nacionais e internacionais.

Miguel Magalhães  é professor auxiliar na universidade portucalense (upt) e investigador do remit - research on economics, management and information technologies. doutorou-se e obteve o grau de mestre, ambos em gestão e direção de empresas e marketing na universidade de vigo. iniciou a sua atividade profissional em 1980 e ao longo da sua carreira desenvolveu atividades enquanto gestor e quadro superior de diversas empresas industriais e de serviços. desde 1984, os temas de investigação tem versado sobre: a problemática da delimitação da organização em sbu’s; as sbu’s e o intraempreendedorismo empresarial; a competitividade das empresas multinacionais e dos parceiros de negócio resultante da opção estratégica de insourcing empresarial; o impacto da função de customer service na competitividade das organizações em termos empreendedorismo empresarial; developing transferrable skills through entrepreneurship projects: student’s experiences and challenges; transitions from higher education to labour market: observatory of internships in business organizations; perfil infraestrutural de espaços industriais; revitalização de centros históricos. no âmbito do empreendedorismo, ficou em primeiro lugar no concurso de ideias para a qualidade dos serviços públicos, “20 ideias para melhorar a qualidade dos serviços prestados”, prémio este atribuído no dia nacional da desburocratização, 29 de outubro de 1992. elaborou o guia prático do euro para AEP.

Ricardo Biscaia  é Professor Auxiliar na Universidade Portucalense (UPT), investigador do CIPES – Centro de Investigação de Políticas de Ensino Superior – e investigador do REMIT – Research on Economics, Management and Information Technologies. Doutorou-se em Economia em Janeiro de 2014 pela Faculdade de Economia do Porto com uma tese em Teoria da Localização. Os seus interesses de investigação são nos campos da Economia Industrial, Economia Regional e Urbana e Economia da Educação, sendo esta última com um enfoque no Financiamento do Ensino Superior e na Bibliometria. Alguns dos seus artigos foram publicados em Revistas como a Public Administration Review, Papers in Regional Science, Applied Economics, Higher Education, Studies in Higher Education or Cambridge Journal of Economics.

Shital Jayantilal  é Professora Auxiliar na Universidade Portucalense (UPT).  Fez o Doutoramento em Gestão e Comércio Internacional na Universidade da Extremadura (Espanha).  A sua tese de doutoramento, tal como o seu interesse de investigação, centra-se nas empresas familiares, e nos desafios singulares que estas enfrentam. Ela faz parte da Cátedra da la Empresa Familiar (Universidade de Extremadura) e é investigadora do REMIT (Research on Economics, Management and Information Technologies) e do IJP (Instituto Jurídico Portucalense. A sua investigação tem versado sobre os seguintes temas:  a sucessão empresarial; o governance nas empresas familiares; o desenho e implementação estratégico; impacto da cultura na gestão; eficiência das politicas de lavagem de dinheiro e economia experimental. 

Sónia Sobral  é Professora Auxiliar na Universidade Portucalense (UPT) no Porto, desde 1993. Doutorada em Tecnologias e Sistemas de Informação, Área de Sociedade de Informação no Departamento de Sistemas de Informação, Universidade do Minho, Guimarães. Mestre em Engenharia Electrotécnica e de Computadores - área de especialização em Informática Industrial pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Pós Graduada em Técnicas e Contextos de E-Learning, Departamento de Engenharia Informática, Universidade de Coimbra. Licenciada em Informática de Gestão, Departamento de Informática, Universidade Portucalense. Coordenou o GQA (Gabinete para a Qualidade e Avaliação) e foi Presidente do Conselho Pedagógico da Universidade Portucalense. Foi Professora Auxiliar convidada na Universidade de Aveiro, Departamento de Comunicação e Arte, docente pontual em várias IES como CespuAngola em Benguela e Huambo, ISE na cidade da Praia, Cabo Verde, ISCE Odivelas, ESE Viseu e outras. É investigadora da área do ensino a distancia, programação e multimédia.

Vasco Salazar Soares

 

Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
unescobest